Skip to main content

Cancro de mama, remoção de glânglios linfáticos e linfedema

Há na verdade algumas dúvidas quando ao linfedema e o cancro de mama vs remoção de glânglios Linfáticos.

Não  havendo epidemiologia é sempre dificil termos números concretos, há quem refira que a incidência é entre de: 30 a 40%. No entanto parece haver algum consenso quanto ao estudo que aponta uma probablidade ente 20-30%

É muito importante não criar alarmes mas também é igualmente importante termos conhecimento destes factos e estarmos cientes que o linfedema ainda não tem cura mas pode ser controlado quando se procura tratamento, logo na sua fase inicial. Estes tratamentos devem ser efetuados por profissionais de saúde que tenham o foco no linfedema, no linfedema pós cancro. O doente tem um papel fundamental e ele forma, deve formar, uma equipa com o seu profissional de saúde para potencializar um melhor resultado.

Sugerimos que visualize o nosso webinar sobre Cancro e Linfedema

Estudo aqui referido: Incidence of unilateral arm lymphoedema after breast cancer: a systematic review and meta-analysis

MATERIAL DE APOIO: